08.12.08

Hoje decidi dedicar isto a vocês! Não me peçam motivos nem explicações, apenas decido fazê-lo porque sim. Pelo que são, pelo que representam para mim, por serem vocês mesmas e por me acompanharem em cada etapa da minha vida.
Hoje foi um dos dias mais marcantes na minha curta vida mas sei, que como este não vão haver muitos. Tanta alegria partilhada, tantos sentimentos, tanta energia, tanta emoção, tantos sorrisos, tanta FELICIDADE!
Se ontem eu estava feliz e decidi dizer isso no nosso blogue, acreditem que hoje a minha felicidade ultrapassou todos os limites. Sentimentos, acções, reacções, tanta coisa partilhada, tantos olhares trocados, voltei a sentir-me uma criança que irradia felicidade por todos os lados. A vocês devo muita coisa, devo muitos momentos bem passados, devo o meu sorriso, devo o facto de me terem feito com que nunca perdesse a vontade de sorrir mesmo quando tudo apontava em sentido contrário.
Pessoas únicas, inigualáveis e que jamais serão esquecidas, depois de hoje, posso com certeza afirmar que são PEÇAS FUNDAMENTAIS no puzzle que construo todos os dias. No puzzle que comecei a construir há 19 anos e que ainda continuo a construir, muitas peças foram já trocadas, muitas peças foram construídas, muitas ficaram desfeitas e à espera de reconstrução mas vocês são aquele tipo de peça que vai sempre permanecer no mesmo lugar pois eu tenho a certeza que jamais sairão de lá e jamais sairão do sítio central que ocupam no meu puzzle. Assim como vocês, outras peças têm lugar fixo e de forma alguma inalterável, mas ficam para uma outra ocasião.   

Vocês são o centro da peça que coloco hoje no meu puzzle, peça esta que tem lugar assente para todo o sempre. A peça de hoje tem gravada em si os vossos nomes, os nomes de quem partilhou os momentos que passamos juntas, tem cada segundo, cada minuto, cada hora do nosso dia. Tem a água, tem o fado, tem todos os sons, tem cada passo que percorremos, cada palavra que dissemos, cada olhar que trocamos, cada lágrima escondida no canto do olho, tem a nossa ida, o nosso regresso, o nosso primeiro passo depois de ultrapassar a porta, tem a nossa confiança, a nossa ambição e nosso SONHO e, acima de tudo, tem-nos a nós. Cada fragmento é uma de nós, a peça apenas se divide nos pensamos que ficaram por partilhar.
Quero e espero que me continuem a ajudar na construção do meu puzzle, quero-vos em cada peça, em cada dia, em cada noite, a cada hora, a cada minuto, a cada segundo da minha vida. Quero-vos aqui e agora, presentes em cada momento como sempre têm estado. Quero partilhar momentos únicos e especiais com pessoas únicas e especiais.



A ti Bárbara e a ti Tatiana, obrigada por tudo e principalmente obrigada por me fazerem feliz. Amo-vos do fundo do meu ser **



(não podia acabar sem deixar de agradecer à Tatiana minha madrinha da tertúlia por ter feito com que um dos maiores sonhos da minha vida se concretizasse, obrigada por teres estado ali, obrigada pelo abraço e obrigada por teres entrado na minha vida. Aos outros meus grandes amigos, obrigada por estarem sempre do meu lado e por fazerem parte de mim (Tânia, João Carlos, Paulo, Telmo, Soraya, podia continuar mas nunca mais saia daqui, obrigado a todos). Como não podia deixar de ser e para eles não se sentirem esquecidos eu AMO todos os meus primos e toda a minha família por serem, sem dúvida, a melhor de todas!)

 

caúcha

publicado por Burguesinhas às 22:53

obrigado nós dona sôra caúcha, por seres sempre aquele ombro, que todos nós podemos confiar...
Estou aqui para o que precisares :)
xau aí badalhoca xD
bjnh grandeeee
João a 11 de Julho de 2009 às 18:33

mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
blogs SAPO