01.12.08

Foi o programa televisivo “Operação Triunfo” que a tornou conhecida. Gravou “Mar Confidente”, um álbum que contou com a participação de autores renomados da música portuguesa. Depois de vários projectos, as atenções viram-se agora para o grupo “Lisboa Não Sejas Francesa” e para a gravação do novo álbum, agendada para o início do próximo ano. Numa entrevista feita por e-mail, Joana Melo relembra momentos do passado e revela projectos do futuro.

 

 

 

Operação Triunfo

Foi a mãe quem a inscreveu na “OT”, em 2003. Além de ter de aprender a lidar com as câmaras, também foi difícil “estar em cima de um palco, interpretar e cantar temas que normalmente não fariam parte do meu reportório e a ginástica todos os dias de manhã…” Quando as luzes do programa se apagaram, a verdade tornou-se mais clara, como a própria cantora afirma: “Pintaram as coisas muito coloridas, é verdade, mas rapidamente me apercebi que as coisas não eram assim e que havia um longo percurso a percorrer e muito trabalho pela frente... Mas quem corre por gosto não cansa...”

“Mar Confidente”

Entretanto, Joana Melo grava o seu 1º álbum, “Mar Confidente”, em cerca de mês e meio. Produzido por Susana Félix e Nuno Faria, contou com a colaboração de artistas como Paulo de Carvalho, Carlos Bica, os Toca a Rufar e o grupo algarvio Marenostrum (que também a acompanharam nos espectáculos). Vendeu perto de 10 mil cópias, chegando a disco de prata, o que surpreendeu em muito a cantora. Para Joana o álbum “não tem um estilo definido, tem um bocadinho de fado, música tradicional e pop. É um disco que me deixou portas abertas para todos os estilos...”

Joana Melo canta um dos temas do álbum: "Toca a Roda"

“Lisboa Não Sejas Francesa”

Actualmente é vocalista de um novo grupo musical, os “Lisboa Não Sejas Francesa” :foi um convite que o Miguel Majer e o Ricardo Santos produtores dos Donna Maria me fizeram. Achei o projecto muito interessante e não hesitei.” Em Março deste ano, o grupo deu-se a conhecer ao público, no Festival RTP da Canção 2008, concorrendo com a música “Porto de Encontro”, mas “nós já existíamos antes do festival. Aceitamos o convite da RTP visto ser uma boa maneira de fazermos um tema original, já que somos uma banda de versões e para dar-mos a conhecer o nome da banda, pois era tudo muito recente, estávamos juntos há um/dois meses.”

Futuro

Joana Melo prepara-se para gravar o seu 2º álbum a solo, um disco que “no fundo será o meu 1ºdisco”, pois será “um disco muito mais coerente e muito mais meu.” Segundo palavras da cantora, este disco vai ter “uma concepção diferente”, apesar de também poder contar com a colaboração de vários compositores, mas não terá a participação de Joana na escrita ou na composição dos temas por enquanto. A relação com os fãs mantém-se: “Continuo a manter contacto com muitos dos meus apoiantes da altura da OT” que continuam a acompanhá-la para onde quer que vá e aplaudindo-a a cada novo projecto. Aos 24 anos, Joana Melo continua a voar nas asas da sua voz, encontrando-se cada vez que pisa o palco, algo que considera “indescritível. É uma sensação de felicidade, de prazer.” Para o futuro espera “conseguir concretizar todos os meus sonhos e pisar muitos palcos nacionais e internacionais.” Joana Melo continua a trilhar a sua carreira, seguindo sempre os seus instintos e construindo novos rumos para a música portuguesa.

 Perfil de Joana Melo

 Tatiana Henriques 2º Ano - Turma 4

publicado por Burguesinhas às 18:52

mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
blogs SAPO